quinta-feira, 31 de julho de 2014

LÍBIA EM NOVA GUERRA CIVIL!

Líbia enfrenta uma nova Guerra Civil! Radicais Islâmicos e Jihadistas pretendem tomar o país!

FONTE: O POVO - Militantes islâmicos da Líbia dominam Benghazi!
Milícias islâmicas tomaram controle da cidade de Bengazi, na Líbia, nesta quinta-feira. Entre os militantes, está um grupo acusado pelos Estados Unidos de matar o embaixador americano e outros dois cidadãos dos EUA em 2012.

A escalada de violência da última semana renovou os temores de que a Líbia, que vive uma grave instabilidade política desde a deposição do ditador Muamar Kadafi em 2011, possa agravar a situação de guerra civil.

Nesta semana, as milícias também voltaram a lutar pelo controle do aeroporto internacional de Trípoli. As disputas continuaram mesmo em meio a um incêndio em um depósito de combustíveis, que fica próximo ao local.

A capital da Líbia enfrenta o pior episódio de violência desde a guerra civil de 2011, o que impede uma transição democrática. O novo Parlamento assumirá no próximo mês.

Os conflitos já deixaram 97 mortos e mais de 400 feridos, segundo números do Ministério da Saúde. A luta em Trípoli ocorre depois de meses de batalhas em Benghazi, onde milícias lideradas por islâmicos combatem aliados do general renegado Khalifa Hifter. Fonte: Associated Press.

FONTE: ZH NOTÍCIAS - Rebeldes invadem base militar na Líbia!
O quartel-general da Unidade de Forças Especiais do Exército Líbio, a principal base militar em Benghazi, foi tomado por grupos rebeldes islamitas no final desta terça-feira, após vários dias de sangrentos combates, informaram oficiais e milicianos. O "Conselho de Shura dos Revolucionários de Benghazi", uma aliança de grupos islamitas e jihadistas, anunciou em um comunicado a captura do quartel-general das Forças Especiais, que foi confirmado por uma fonte militar líbia.

— A base principal das forças especiais caiu nesta terça — anunciou o comunicado, afirmando que a vase estaria nas mãos desses grupos. Entre eles o Ansar Asharia, considerado uma organização terrorista por Washington.

Em sua página na Facebook, o grupo jihadista Ansar Asharia publicou fotos de seu arsenal de guerra: dezenas de armas e caixas de munição.

FONTE: REUTERS - Dois egípcios são mortos em confronto na fronteira entre Líbia e Tunísia
Duas pessoas foram mortas a tiros quando seguranças de fronteira líbios abriram fogo para dispersar centenas de egípcios que tentavam cruzar a divisa com a Tunísia fugindo do caos crescente na Líbia, informou a agência de notícias estatal tunisiana TAP nesta quinta-feira.

Centenas de famílias líbias e trabalhadores estrangeiros deixaram seus lares depois de duas semanas de confrontos entre milícias líbias rivais pelo controle do aeroporto de Trípoli, o pior episódio de violência desde a revolta que depôs Muammar Gaddafi em 2011.

A maioria dos aeroportos líbios estão fechados por causa da deterioração na segurança em Trípoli e Benghazi, fazendo da fronteira com a Tunísia uma das poucas rotas de fuga para moradores e alguns diplomatas estrangeiros que querem se distanciar do banho de sangue na capital.

Centenas de egípcios protestaram no posto fronteiriço de Ras Jdir após seguranças de fronteira tunisianos fecharem seus portões nesta quinta-feira, testemunhou um repórter da Reuters no local.

"O incidente aconteceu depois que soldados líbios dispararam para dispersar os egípcios”, afirmou a TAP, citando fontes de segurança tunisianas, que disseram que as duas vítimas foram mortas a tiros.

Não houve comentário de imediato das autoridades líbias.

O governo brasileiro decidiu transferir temporariamente os servidores de nacionalidade brasileira da Embaixada do Brasil em Trípoli para Túnis, na Tunísia, devido à falta de segurança na Líbia. Em nota, o Itamaraty informou que a medida, tomada pela “contínua deterioração das condições de segurança” não implicará no fechamento da representação diplomática naquela país.

FONTE: EXAME - França retira da Líbia cidadãos franceses e britânicos
 A França retirou da Líbia, por mar, meia centena de cidadãos franceses e britânicos, anunciaram nesta quarta-feira as autoridades francesas.

A chancelaria francesa declarou que "devido à situação de segurança, os locais ocupados por nossa embaixada em Trípoli foram fechados temporariamente" e "as atividades diplomáticas prosseguem a partir de Paris".

FONTE: TERRA - Filipinas pedem que seus cidadãos na Líbia deixem o país
O Governo das Filipinas voltou a fazer um apelo a milhares de seus cidadãos para que abandonem a Líbia, nesta quinta-feira, depois que uma enfermeira desta nacionalidade foi sequestrada e estuprada e um trabalhador da construção foi decapitado.

Segundo o departamento de Relações Exteriores filipino, os 13.000 cidadãos deste país atualmente na Líbia devem se registrar em sua embaixada para ser repatriados o quanto antes, já que os confrontos entre grupos rivais ameaçam dividir o país.

FONTE: CORREIO BRASILIENSE - Espanha esvazia temporariamente funcionários da embaixada em Trípoli

 A Espanha anunciou nesta quinta-feira (31/7) a evacuação temporária de seus funcionários da embaixada em Trípoli diante do agravamento da situação na capital líbia e dois dias após 37 espanhóis e seus parentes solicitarem a ação.


2 comentários:

  1. A situação está ficando cada vez pior...
    Será que esse caos foi orquestrado para que surja um 'pacificador', um líder que possa trazer 'paz' ao mundo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta amigo, não sei te dizer viu...

      Excluir

Os comentários anônimos ou registrados estão liberados e serão moderados pelo Administrador do Blog.

Comentários envolvendo palavrões, ameaças, racismo e preconceito religioso ou sexual ou quaisquer outro tipo de ofensa, serão excluídos em respeito ao leitor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...