quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Tensão entre EUA e Rússia se elevam e presidente russo fala em Rede Nacional!


Presidente da Rússia fala em Rede Nacional: Negociações com os EUA e OTAN fracassaram

Respondendo ao fracasso de Washington para levar a Rússia a bordo do sistema europeu de defesa de mísseis, o presidente Dmitry Medvedev anuncia planos abrangentes para abordar o que Moscou está chamando uma ameaça à segurança nacional.

Veja na Íntegra o discurso de Medvedev em Rede Nacional. A partir de 6:40, ele anuncia medidas em retaliação a defesa anti-mísseis.

Medvedev disse que vai implantar sistemas de defesa no oeste e sul do país e instalar mísseis Iskander na região de Kaliningrado, a fim de combater os riscos colocados pelo sistema europeu de defesa antimísseis.

"Ao meu pedido, o Ministério da Defesa vai executar uma estação de radar de aviso do sistema em Kaliningrado sem demora", o Presidente russo disse.

Rússia pode também recusar-se a tomar medidas adicionais para o desarmamento no caso da sua segurança nacional continua em risco.

"Em caso de evolução desfavorável (em relação à defesa antimísseis europeu), a Rússia se reserva o direito de suspender novas medidas na esfera do desarmamento e, respectivamente, controle de armas", disse Medvedev. "Além disso, dada a interligação inseparável entre a ofensiva estratégica e armas defensivas, os motivos podem aparecer para a retirada de nosso país do tratado START ".

Enquanto isso, Medvedev sublinhou que a Rússia continua aberta ao diálogo com os EUA e a OTAN sobre questões de defesa de mísseis, mas a cooperação deve ter parâmetros legais claros.

"Não estamos fechando a porta para o diálogo sobre a defesa antimísseis com os EUA e a Aliança do Atlântico Norte, nem para a cooperação prática nesta área. Estamos prontos para o diálogo ainda maior", sublinhou o líder russo. "O caminho para tal trabalho depende sobre a criação de uma base jurídica clara para a nossa cooperação que irá refletir os nossos interesses legítimos".

Ainda há tempo para vir para a compreensão mútua, o líder russo disse.

Fonte: RT.com

domingo, 13 de novembro de 2011

Blog ao Vivo: Ocupação da Rocinha

O SEMPRE GUERRA acompanha a ocupação militar da Rocinha no Rio de Janeiro.

10:47 - Encerrado a cobertura do Sempre Guerra, até o próximo plantão ;D

10:45 - Com politicagem, Rocinha e arredores são ocupadas. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) informou, pouco antes das 7h deste domingo (13), que as favelas do Vidigal e Chácara do Céu também foram dominadas pela polícia. Antes, o Bope já tinha confirmado que a Rocinha tinha sido dominada. Não houve registro de confrontos em nenhuma das três comunidades.

02:34 - Um comboio de viaturas acaba de sair da sede do Batalhão de Choque da Polícia Militar, no Centro do Rio, em direção à Zona Sul, para a operação policial nas favelas da Rocinha e do Vidigal. Os agentes ocupavam 35 picapes, três vans e um veículo blindado, conhecido como "Caveirão", além de algumas motos.

02:30 - As vias rodoviárias e o espaço aéreo ao redor da Rocinha e Vidigal são fechadas neste momento.

02:14 - Segundo a Globo News, invasão pode ocorrer em breve, ás 02:30Hrs... Eu não acredito nisto, deve ser um erro de comunicação. A luz foi restabelecida perto da favela.

01:40 - O Globo - Segundo informações dos serviços de inteligência da Polícia Federal e da Secretaria de Segurança, parte da Rocinha, principalmente na área de mata, estaria repleta de armadilhas deixadas pelos criminosos, como minas terrestres usadas pelo Exército e artefatos de alto poder explosivo, feitos com botijões de gás.

01:30 - Segundo a rádio CBN, policiais militares e civis já se posicionam no entorno das favelas da Rocinha e do Vidigal. Um ônibus da Polícia Civil acaba de chegar próximo à saída do túnel Zuzu Angel, em São Conrado

01:01 - Segundo fontes, blindados começam a ir para as entradas da Favela. Aguardando informações da mídia.

00:59 - Globo: Ruas no acesso à Rocinha estão sem luz. Problema ocorre nas ruas que dão acesso à favela. Light estava no local, à 0h40, para restabelecer o fornecimento de energia.

00:48 - Segundo moradores via Twitter, Luzes estão apagadas em algumas ruas de São Conrado. A Ocupação Militar deve começar até ás 05Hrs da Manhã.

00:43 - A partir de 2h30 serão bloqueadas ao trânsito as principais vias de acesso à região do entorno da Rocinha e do Vidigal. 


00:35 - Opinião: A ocupação deveria ser de Educação e Cultura e jamais com armas e violência ;D

00:31 - Extra: A explosão de uma granada no Morro da Coroa, que faz parte da UPP do Fallet, deixou três mortos na noite deste sábado. 

00:22 - Globo: Às vésperas da operação na Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, a Marinha revelou que vai colocar em ação 194 fuzileiros navais e 18 veículos blindados na ocupação. O efetivo é o maior já utilizado em ações nas comunidades, segundo a Marinha.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Tensão no Oriente: Turquia pronta para o Front no Iraque


Enquanto as peças são movidas em todo o Leste Mediterrâneo, a Turquia pode estar se preparando para uma invasão iminente do Iraque.

Autoridades disseram que os militares e o governo têm trabalhado em planos para um ataque terrestre contra alvos rebeldes curdos no norte do Iraque. Eles disseram que milhares de soldados de infantaria seria apoiado por aeronaves rotativa e fixa, em uma operação coordenada com o governo de Bagdá. "A operação terrestre pode ser realizado a qualquer momento, dependendo de negociações com o país vizinho [o Iraque]", disse o ministro do Interior turco Naim Idris Sahin.

Autoridades disseram que a Turquia, em meio a ataques aéreos quase diária, realizou conversações de alto nível com o Iraque para uma operação conjunta contra o Partido dos Trabalhadores Curdos. Eles disseram que as discussões incluía um compromisso de contra-insurgência por parte do Governo Regional Curdo, acusado de abrigar PKK.

A Turquia teria enviado forças especiais em montanhas em Kandil, no Iraque, para procurar alvos do PKK. Eles disseram que as forças estavam sendo auxiliados por veículos aéreos não tripulados fornecidos por Israel [...].

"Essas são questões para não serem discutidas, mas para ser feito", disse o vice-premiê turco Bulent Arinc. "Isso vai acontecer quando chegar a hora, o primeiro-ministro e o governo ão decidir e instruir as autoridades competentes para agir."

Autoridades disseram que o governo do primeiro-ministro Recep Erdogan foi informado de que uma invasão turca deve ser lançado durante o próximo mês antes que as condições de Inverno severo comecem em Kandil. O governo tem autoridade do parlamento para uma invasão da Turquia, até 17 de outubro.

Em 12 de setembro, o governo e militares realizaram uma cúpula sobre segurança em Ancara em que uma invasão terrestre do Iraque foi discutida. 

"Dentro ou fora desta autoridade, a Turquia é capaz de tomar qualquer decisão sobre incursões referentes a questões de segurança", disse Arinc.


Israel ameaça ajudar o PKK

A recente deterioração nas relações entre Turquia e Israel, levou o Ministro dos Negócios Estrangeiros israelense, Avigdor Lieberman, a reuniões na Europa com os líderes do PKK, a fim de discutir formas de cooperação contra a Turquia.


O PKK, que representa os Trabalhadores do Curdistão, é um grupo militante de esquerda, listados por grande parte da comunidade internacional como uma organização terrorista e que se dedica ao conflito armado contra o Estado turco para a autonomia do país a sudeste. 

O PKK estão concentrados nas montanhas da região semi-autônoma do Curdistão do Iraque. Muitos na Turquia, há muito tempo, acusaram Israel de apoiar o grupo, mas esta é a primeira vez que um político israelense tem falado publicamente em tal maneira. 

Lieberman depois voltou atrás com a mídia e o escritório do primeiro-ministro israelense disse que nenhum desses planos estavam certos. A mídia curda-iraquiana apontam relatórios alegando reuniões de alto nível entre israelenses e líderes do PKK, mas nada disso pode ser confirmado. 

Enquanto isso, a Turquia admitiu publicamente que ele ainda está considerando uma incursão terrestre em massa no Curdistão iraquiano, semelhante ao que ocorreu em 2008, contra os esconderijos do PKK. O conflito de interesses entre a Turquia, Israel, as nações árabes e os curdos que vivem em todos esses países, tem causado muito boato, confusão e hostilidade entre todas as partes envolvidas. No clima instável da política atual da região, tais intrigas parece provável que continue.

Fonte: PressTV

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Turquia contra três aliados: Chipre, Grécia e Israel


A Guerra do Oriente em um novo capítulo, dessa vez envolvendo países da Europa e OTAN. 

Contra três direções - que têm direta e essencial ligação entre si - mostrou seus dentes nas últimas horas o governo de Ancara. Primeiramente, foram as declarações do ministro turco para temas da União Européia (UE), Egemen Bagis, que, referindo-se ao fosso que está sendo aberto pela Grécia no Evro, em sua fronteira leste com a Turquia, declarou-se esperançoso de que "a Grécia não deseja provocar uma crise de política externa para desviar a atenção de seus problemas econômicos" e manifestou sua dúvida sobre "como a Grécia executa uma obra de tais dimensões, no momento em que enfrenta crise econômica". 

Em continuação, Bagis desfechou novas ameaças insinuando imediata ação militar contra a República de Chipre, caso o governo de Nicósia inicie as pesquisas submarinas (destinadas a localização de reservas de petróleo e gás natural em suas águas territoriais). 

Finalmente, por ordem do ministro de Relações Exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu, foi expulso o embaixador de Israel acreditado junto ao governo de Ancara, e foram rebaixadas suas relações diplomáticas com Israel para nível de segundo secretário, alegando como motivo que "Israel continua não pedindo desculpas à Turquia por causa do episódio ocorrido ano passado, com a flotilha de ajuda humanitária turca que rumava para Gaza, quebrando o bloqueio israelense". 

Ao mesmo tempo, foi anunciada a interrupção de cooperação militar entre os dois países, enquanto o chanceler Davutoglu declarou que se reservava a tomar novas medidas contra Israel. 

Destaca-se a excepcionalmente interessante "coincidência temporal" da expulsão do embaixador de Israel e, particularmente, da interrupção de cooperação militar entre os dois países, decorrido tanto tempo. Aqui, não se trata da conhecida piada "casual? Não acho?". Seguramente, aqui não existe absolutamente nada casual. Quais são os fatos? 

Grécia e Israel 
Por um lado, o mais importante neste momento é a viagem do ministro da Defesa da Grécia, Pános Beglite, a fim de formalizar acordo ampliando e aprofundando a cooperação militar entre Grécia e Israel. E, por outro, as pesquisas submarinas da República de Chipre, as quais, ao que tudo indica, serão iniciadas em 1º do mês que vem, e para a execução das quais Grécia e Israel cooperam estreitamente, junto com os EUA. 

Segundo informação do Governo da República de Chipre, a embarcação que realizará as pesquisas zarpará hasteando não só a bandeira da República de Chipre, mas, também, as bandeiras de Israel, União Européia e EUA. 

A Grécia não participa do projeto das pesquisas submarinas, mas, a partir do momento em que a segurança da República de Chipre é ameaçada aberta e ostensivamente com ações militares por parte da Turquia, é compreensível que a Grécia se fará presente, tanto por motivos de essência, quanto e porque o impõem as próprias convenções de fundação da República de Chipre, para a qual a Grécia é uma das forças signatárias que junto com os demais países da União Européia garantirá sua integridade contra qualquer ameaça externa, como é a atualmente desfechada. 

Conformam-se em consequência - por iniciativa e responsabilidade da Turquia - as premissas para uma eventual eclosão de extremamente grave crise, tanto com a República de Chipre, quanto com a Grécia, assim como, com Israel. 

E este é ponto mais essencial: os três países que tornaram-se, simultaneamente, destinatários das ameaças da Turquia deverão, com toda razão, enfrentar em conjunto estas ameaças em seu total. Esta é a chave da preparação até o dia 1º do mês que vem. E isto significa que os três países deverão estar de comum acordo preparados diplomática e militarmente, envidando, simultaneamente, todos os esforços para obter uma postura positiva por parte dos EUA. 

Todos por um 
As ameaças da Turquia contra a República de Chipre, que são simultaneamente ameaças, também, contra os interesses israelenses, e como tais estão sendo interpretadas, deverão ser enfrentadas de forma extremamente séria. 

Com igual seriedade deverá ser interpretada, também, a eventualidade de a Turquia não promover suas consecuções exatamente por causa do caráter decisório considerado, também, pelos três países. 

Neste caso, contudo, aumenta com progressão geométrica a possibilidade de a Turquia se mover agressivamente com represálias contra ilhas gregas no Mar Egeu. 

Em consequência, a Grécia deve garantir que os três países aliados - como o governo de Ancara, querendo ou sem querer, os constituiu, e talvez este tenha sido seu grande erro -enfrentarão, os três em conjunto, as ameaças.


sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Síria declara Estado de Guerra, oposição protesta


 O presidente sírio, Bashar Assad, declarou estado de guerra na quarta-feira e emitiu uma mobilização geral das tropas, o jornal Al-Quds noticiou na noite de quinta-feira.

A operação "Bayrak al-Assad" foi implementado secretamente e é uma "grande operação militar", exigindo a mobilização total das forças militares na Síria para ofensivas e concentram-se em várias cidades do país, a fim de eliminar "terroristas que nos ameaçam", segundo o relatório.

Na sexta-feira, terroristas na Síria confessaram a construção de bombas, a fim de atacar civis e as forças sírias em Latakia, a Rádio Israel informou.

Além disso, os líderes da oposição da Síria exortou os manifestantes para organizar grandes manifestações todos os dias, segundo o relatório.

A nova operação militar da Síria é uma escalada da repressão violenta do Presidente Bashar Assad contra o que alguns chamam de "ativistas pró-democracia" e outros chamam de "terroristas", que começou em março.

O objetivo declarado da nova ofensiva, o que exigiu a mobilização e preparação integral dos militares sírios, é "a eliminação da rebelião armada, proclamada por organizações terroristas contra a população civil e os elementos do exército e forças de segurança durante vários meses", segundo o relatório de Al Quds.

Fonte: Jpost

ATUALIZAÇÃO:

Oposição síria insta a Rússia a intensificar os esforços para resolver conflitos

"A Rússia deve desempenhar um papel mais ativo e positivo na solução do conflito interno na Síria", disse Qurabi, um proeminente ativista de direitos humanos, durante uma conferência de imprensa em Moscou.


Mas o ministro dos Negócios Estrangeiros russo Sergei Lavrov, disse na quarta-feira, durante uma reunião com seu homólogo francês, Alain Juppé, em Moscou, que o apoio internacional para a oposição síria poderia levar a um "novo derramamento de sangue" no país. Ele disse que a recusa da oposição síria para realizar conversações com o governo significava que eles estavam buscando apoio internacional semelhante ao recebido por forças rebeldes na Líbia.

Fonte: Ria Novost

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Blog ao Vivo: Tensão no Complexo do Alemão - RJ

O Sempre Guerra acompanha as tensões no Rio de Janeiro

00:02 - Aparentemente, as coisas tranquilizaram agora. Moradores que estavam presos na parte de baixo do Complexo devido o tiroteio de mais de 4 horas, retornam para as suas casas. Mais informações no começo da manhã no Sempre Guerra.

23:41 - R7.com: Um "bonde" de ao menos dez carros com homens armados invadiu o morro do Adeus, no complexo da Penha, vizinho ao conjunto de favelas do Alemão (zona norte do Rio), na noite desta terça-feira (6), segundo informações recebidas pela polícia. Ainda de acordo com policiais, os cerca de 50 traficantes seriam remanescentes da Vila Cruzeiro e teriam tentado retomar o território, ocupado pelo Exército. Até por volta das 23h, a polícia desconhecia se o grupo de criminosos permanecia na comunidade ou teria fugido. Mas, após ação do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e de PMs, no horário, a situação estava sob controle.

23:34 - Segundo a Globo News, 11 blindados do Exército, que seriam utilizados no desfile de 7 de Setembro, foram movidos para o Complexo do Alemão. Moradores relatam vários feridos dentro da favela.

23:28 - Correio do Povo: Uma operação da Polícia Militar no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, gera troca de tiros entre autoridades e traficantes há mais de duas horas, nesta terça-feira. Moradores se abrigam no prédio do teleférico do Morro do Alemão desde as 19h30min. O principal foco de tensão é a Comunidade da Alvorada, onde está localizada a Estação Itararé do teleférico. No prédio, cerca de 50 moradores se protegem dos disparos. A todo momento, são ouvidos tiros de pistola, fuzil e estrondos de granadas. Segundo informações dos militares, os criminosos estão usando como base os morros do Adeus e da Baiana. Blindados do Exército aguardam ordem na base do morro para subir em apoio à tropa.

23:18 - Segundo o Twitter da Voz da Comunidade, jornal produzido pelos moradores do Alemão, aos menos duas pessoas morreram até o momento, sendo uma adolescente de 15 anos, após ser atingida na cabeça por uma bala perdida no Complexo do Alemão. 

22:47 - Aguardando mais informações do Rio. Sinistramente, até as mídias não-convencionais ficaram "caladas".

22:20 - Segundo o Twitter CasodePolícia, um caveirão da PM acaba de chegar ao Alemão. Dois blindados do Exército já estão dentro da favela, militares estão parando vans e motos para revistar pessoas. O Comandante da Força de Pacificação do Alemão reafirma que ataques foram orquestrados por pessoas ligadas ao tráfico.

22:14 - Globo: Após o tiroteio que começou no início da noite desta terça-feira (6), o Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, começa a receber reforço de outros batalhões da Polícia Militar e agentes do Exército, segundo o Batalhão de Campanha. Uma pessoa ficou ferida com estilhaçoes de granada na cabeça e foi levada para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, também na Zona Norte.

22:10 - Morador filma uma parte do tiroteio no Complexo do Alemão:

22:05 - Tensão entre o Exército e moradores do Complexo do Alemão desde domingo e trocas de tiros entre traficantes das comunidades vizinhas ao Alemão e o Exército hoje, elevam o alerta de segurança no Rio de Janeiro.

domingo, 21 de agosto de 2011

Blog ao Vivo 21/08/2011: Tensão no Oriente Médio

O Sempre Guerra continua as atualizações sobre os Conflitos do Oriente Médio

12:37 - SEMPRE GUERRA - Regime de Kadhafi prestes a cair a qualquer momento! Então ficará liberada a Guerra da Síria =D

12:35 - AP - Rebeldes da Líbia capturaram uma grande base militar que defende a fortaleza de Moammar Gadhafi em Tripoli.

12:24 - YNetNews: Líderes de grupos militantes de Gaza convocaram uma reunião no Cairo, neste domingo, para discutir um possível cessar-fogo com Israel, de acordo com o site da Jihad islâmica oficial.
Em um curto espaço de tempo após a reunião, dois morteiros foram disparados contra o Conselho Regional de Eshkol e fontes palestinas em Gaza relataram que os ataques aéreos tinham sido retomados.

12:11 - BOATO - AllVoices: De acordo com um relatório da Xinhua um avião venezuelano desembarcou na ilha de Djerba (Tunísia) para evacuar membros da família de líder líbio Muammar Gaddafi. Notícia anunciada pels rádio da Tunísia, citando uma fonte rebelde em Benghazi. O correspondente cita a fonte, dizendo que os membros da família de Gaddafi em breve deixar a Tunísia para Caracas, a capital de Venezuela, acrescentando que "foi o começo do fim do regime de Gaddafi".

12:04 - Terra: A Liga Árabe condenou neste domingo os ataques aéreos israelenses na Faixa de Gaza e disse que a ONU deve tomar medidas para acabar com os ataques, em que 15 pessoas morreram. "Emitimos um comunicado condenando a ofensiva israelense em Gaza ... e à terra do Egito", disse a jornalistas o secretário-geral da Liga Árabe, Nabil Elaraby, no Cairo

11:56 - AlJazeera: Rebeldes infiltraram na capital de Tripoli, na Líbia, neste domingo, por mar em uma operação secreta lançado de sua enclave ocidental de Misrata, disse um porta-voz rebelde.

11:49 - Plano Brasil / Carta Maior:  O levante sírio pode levar a uma guerra regional. A repressão na Síria continua irrefreável e pode se tornar o estopim de um conflito regional envolvendo a Turquia, o Irã, a Arábia Saudita e o resto do Golfo. Nos últimos dias, o exército turco recrutou centenas de militares da reserva, situando-os em bases próximas à fronteira com a Síria. Enquanto a Turquia se prepara para o pior, o Irã se recusa a publicar qualquer notícia relativa aos levantes árabes nos seus jornais controlados pelo Estado, enquanto o governo advertiu que a Síria pode se tornar o centro de uma guerra internacional

09:46 - Equipe de TV é alvejada por snipers perto de Trípole, capital da Líbia:


09:43 - SkyNews (Twitter): Ataque aéreo turco mata sete pessoas no norte do Iraque.

09:40 - Terra: As forças armadas da rebelião líbia, que lutam há sete meses para derrotar o regime do coronel Muammar Kadafi, anunciaram neste domingo o começo da "libertação de Trípoli". Um dos insurgentes, que se identificou como Abu Bakr el Misrata, declarou para a televisão Al Jazeera que a sublevação começou "desde o coração da cidade, ante a chegada próxima das forças rebeldes. O representante rebelde sustentou que os primeiros combates entre insurgentes e as brigadas fiéis ao regime já aconteceram em vários bairros.

01:20 - Reuters - Um homem israelense foi morto no sábado em um ataque de foguetes lançados de Gaza, disseram médicos, a última morte, em um espasmo de três dias de violência que tirou a vida de mais de 30 pessoas. Autoridades de segurança israelenses disseram que outras sete pessoas ficaram feridas, incluindo duas crianças, em mais de 50 foguetes disparados do território controlado pelo Hamas no sábado. Em Gaza, um ataque aéreo israelense feriu gravemente um homem palestino, disseram médicos.

00:25 - Terra: Quatro fortes explosões sacudiram Trípoli no início da manhã de domingo, no momento em que vários bairros eram palcos de violentos confrontos entre insurgentes e as forças leais ao regime do coronel Muammar Kadafi. As explosões foram ouvidas pouco depois das 4h (23h deste sábado em Brasília), quando o centro da capital era sobrevoado por aviões, constatou um jornalista da AFP que não conseguiu determinar no momento quais tinham sido os alvos atingidos.
Várias explosões e intensas trocas de tiros também foram ouvidas na noite de sábado para domingo em Trípoli, enquanto moradores indicaram à AFP que os "enfrentamentos" estavam sendo travados em alguns bairros da capital. O porta-voz do governo líbio, Mussa Ibrahim, confirmou mais cedo apenas "pequenos confrontos" em bairros como Tajura, Sug Jomaa e Ben Achur, próximos ao centro da capital


00:20 - SEMPRE GUERRA: Apesar do Kadhafi declarar vitória em Trípoli nesta noite, novos ataques dos rebeldes e OTAN ocorrem neste momento.


00:14 - AlJazeera: Bashir Sewehli, um ativista da Líbia, diz a Al Jazeera que os confrontos em Trípoli estão ainda em curso.
"O aeroporto militar está sob controle dos rebeldes e existem outras áreas dentro e ao redor de Trípoli também. Os rebeldes estão esperando por reforços.

00:10 - Terra: O líder líbio Muammar Kadafi parabenizou, em um áudio transmitido pela televisão estatal no início de domingo (horário local), seus apoiadores por repelirem o ataque de "ratos" rebeldes na capital, Trípoli, e acusou o presidente francês, Nicolas Sarkozy, de tentar roubar o petróleo do país. No pronunciamento, ele ainda afirmou que os rebeldes querem "a destruição do povo líbio".

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Blog ao Vivo: Tensão no Oriente Médio

O Sempre Guerra abre um post com cobertura ao vivo dos acontecimentos recentes no Oriente Médio. Este post será atualizado frequentemente.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Tensão no Oriente: Turquia manda ultimato a Síria e Irã ameaça Ocidente


Turquia dá ultimato em nome da OTAN, Irã ameaça retaliar quaisquer ato de guerra.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Ahmet Davutoglu, disse na segunda-feira que Bashar Assad deve terminar imediatamente e incondicionalmente as operações militares contra civis, alerta ao presidente sírio que estes eram as "últimas palavras" de Ancara.

domingo, 14 de agosto de 2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

China deve utilizar porta-aviões em conflito territorial


O primeiro porta-aviões chinês, que na quarta-feira iniciou uma série de testes no mar, deve ser utilizado no caso de conflito territorial com os vizinhos, afirma um artigo publicado em um site do ministério da Defesa.

sábado, 6 de agosto de 2011

GRUPO PARAMILITAR PERUANO INVADE ACRE E FAZEM REFÉNS NA FUNAI


Funcionários da Funai (Fundação Nacional do Índio) permanecem cercados por um grupo paramilitar peruano que invadiu o território brasileiro, na fronteira do Acre com o Peru. Os peruanos estão armados com fuzis e metralhadoras.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Tensão no Chile! Estudantes ocupam ruas e TV de Santiago!


Cerca de 200 estudantes ocuparam pacificamente as instalações do canal de televisão privado Chilevisión nesta quinta-feira e exigiram entrar no ar para expressar suas demandas em favor do fortalecimento da educação pública no país, disse uma jornalista da emissora, Macarena Pizarro.

Crise no Governo: Ministro da Defesa Nelson Jobim pede Demissão!


Em meio a Crise Interna, Dilma "demite" Nelson Jobim

O ministro da Defesa, Nelson Jobim (PMDB), entregou na noite desta quinta-feira sua carta de demissão à presidente Dilma Rousseff em um encontro que durou apenas cerca de cinco minutos. A situação de Jobim se tornou insustentável no governo após declarações dadas à revista Piauí em que teria considerado a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, "muito fraquinha" e dito que a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, "sequer conhece Brasília". Para seu lugar, Dilma convidou o ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, que aceitou ocupar a pasta.

Jobim negou ter feito as críticas e disse que as informações seriam "parte de um jogo de intrigas". Mas, segundo fontes, Dilma já havia decidido demitir o ministro caso ele não abandonasse o cargo por conta própria. Diante da repercussão das declarações, Jobim antecipou sua volta de Tabatinga (AM), onde cumpria agenda oficial, para se reunir com a presidente.

Ao longo do dia, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), minimizou a declaração de Jobim, dizendo que a articuladora política do governo "é até bem gordinha, não é bem fraquinha". Depois de reunir-se com Ideli, o líder do PR na Câmara dos Deputados, Lincoln Portela (MG), afirmou que a ministra "brincou" com o tema dizendo que "estava 'fortinha', não gordinha". Mas, segundo o deputado, Ideli "não teceu nenhum comentário sobre o ministro Jobim" durante a reunião.

Na última semana, outra declaração de Jobim à imprensa gerou mal-estar no governo. Em entrevista, ele declarou seu voto no tucano José Serra nas eleições presidenciais do ano passado. A série de frases polêmicas, contudo, começou no início de julho, em uma cerimônia em homenagem ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso - de quem ele foi ministro da Justiça entre 1995 e 1997 - no Senado Federal. Ao discursar, ele citou o dramaturgo Nelson Rodrigues, dizendo que "os idiotas perderam a modéstia". A fala foi interpretada como uma insatisfação do ministro com sua situação no governo. Mais tarde, contudo, ele disse que se referia a jornalistas.

Trajetória
Jobim foi presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) de 2004 a 2006. Em 2007, ele foi indicado para o ministério da Defesa pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aceitou o desafio de controlar a crise nos aeroportos. Durante seu período na Defesa, Jobim promoveu mudanças nas direções da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), então alvos de denúncias de eficiência e corrupção. No entanto, as propostas de construção de um novo aeroporto em São Paulo e o estímulo à maior concorrência na atividade não se concretizaram.

Na área militar, Jobim ganhou prestígio com os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Junto com o ex-ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos Roberto Mangabeira Unger, elaborou a Estratégia Nacional de Defesa. Aprovada em dezembro de 2008 na forma de decreto presidencial, o plano estabelece ações de médio e longo prazo com o objetivo de modernizar a estrutura nacional de defesa por meio da reorganização das Forças Armadas, da reestruturação da indústria nacional de material de defesa e de uma nova filosofia de emprego das Forças Armadas. A iniciativa sofreu forte impacto devido ao corte no orçamento de 2011. O contingenciamento de mais de R$ 4 bi (26,5% do orçamento do ministério) comprometeu o reaparelhamento das Forças Armadas.

Jobim é o 3º ministro a cair em 8 meses
Nelson Jobim é o terceiro ministro que cai em apenas oito meses de governo Dilma. O primeiro foi o ex-ministro-chefe da Casa Civil Antonio Palocci, que não resistiu a denúncias de tráfico de influência e enriquecimento ilícito e pediu demissão do cargo em 7 de junho deste ano. Menos de um mês depois, em 6 de julho, foi a vez do ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento, que também pediu demissão depois de denúncias de superfaturamento de obras e pagamento de propina no âmbito do órgão.

Fonte: Terra

Sempre Guerra: Há muita coisa por baixo dos tapetes de Brasília, será apenas o mal-estar criado no governo que fez cair um dos nossos melhores ministros da Defesa que já tivemos? Certamente não, queremos a verdade, a transparência dos fatos, um Brasil fortalecido por uma equipe do Executivo competente e honesta. 

Certamente, a demora do Governo para decidir o Projeto FX-2 e demais aquisições para os três poderes militares da nossa Defesa, contribuíram para os atritos entre Jobim e Governo. Como a corda sempre estoura  no ponto mais fraco, Jobim pediu demissão.

Qual será o posicionamento dos militares a partir de agora? Continuará com um apoio incondicional ao Governo Dilma? O tempo dirá...

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Brasil no alvo de Terroristas?

Enquanto investigamos a procedência dos Atentados na Noruega, uma reportagem me chamou a atenção... Podemos ser os próximos? Acompanhe no Sempre Guerra!


Em manifesto de ódio, terrorista norueguês critica Brasil e sua mistura de raças

A autor do duplo atentado terrorista na Noruega, Anders Behring Breivik, de 32 anos, citou o Brasil em seu manifesto de 1518 páginas publicadas na internet. 

Na página 1153 do documento "A European Declaration of Independence - 2083 (Uma Declaração de Independência Europeia - 2083)", o terrorista afirma que a mistura de raças no país, provocada "pela revolução marxista brasileira” resultou em uma catástrofe, tornando o país sul-americano "disfuncional", de "segundo mundo" e "com baixo nível coesão social". Para ele, esta miscigenação seria a causa da corrupção, baixa produtividade e "conflitos entre diferentes culturas". 

Breivik cita o país em outros trechos. Em um capítulo no qual ensina a montar bombas, ele relembra o episódio do acidente com o Césio 137 em Goiânia, advertindo para se tomar "muito cuidado com substâncias radioativas". A Proclamação da República, em 1889, também é lembrada, por ter sido um "golpe de estado sem sangue". 

O documento é uma verdadeira compilação de ódio contra o islã, o multiculturalismo e a qualquer pensamento de esquerda, ao qual ele se refere frequentemente como "marxismo cultural", além de muitas outras corrente de pensamento. Breivik incentiva outros seguidores a fazerem o mesmo que ele. Em um capítulo, ele tenta provar que a opção armada é a única maneira de "salvar" o continente, já que "cinco décadas de diálogo com marxistas" não surtiram efeito. 

Segue abaixo, na íntegra, em itálico, o trecho em que o terrorista menciona e critica o "modelo brasileiro" de sociedade: 

"Os conservadores devem aproveitar seu poderio político e militar através de uma combinação entre luta armada e democrática nos próximos 70 anos, e implementar as políticas a seguir. A alternativa é o contínuo abastardamento desse modelo, muito similar ao modelo brasileiro. Onde foi estabelecida (graças à revolução marxista brasileira) uma mistura europeia/asiática/africana.

Essa política provou ser catastrófica para o Brasil e outros países que institucionalizaram e facilitaram uma mistura de raças entre asiáticos/europeus /africanos. O Brasil se firmou firmemente como um país de segundo mundo com um nível extremamente pobre de coesão social.

Os resultados são evidentes e manifestados em um alto grau de corrupção, falta de produtividade e um eterno conflito entre várias ‘culturas’ competindo, enquanto a miríade de ‘sub-tribos’ criadas (preto, mulato, mestiço, branco) paralisa qualquer esperança de sequer alcançar o mesmo nível de produtividade e igualdade de, por exemplo, Escandinávia, Alemanha, Coreia do Sul e Japão.

Vendo a falta de coesão social do Brasil, e a produtividade média do brasileiro médio, é evidente que uma aproximação similar na Europa seria devastadora e retardante nacionalmente, sem mencionar que seria um grave crime (genocídio) em contribuir de qualquer maneira para a aniquilação, desconstrução e genocídio dos povos indígenas que são nórdicos por definição".


Já colocamos aqui no Blog, ameaças de Grupos Terroristas aqui no Brasil, na Reportagem Al Qaeda no Brasil. Pretexto para invasão? do dia 16 de Abril deste ano.

Sempre Guerra: O que me parece é que esta carta/manifesto seja algum tipo de aviso do que está por vir, um novo tipo de terrorismo provocado por novos grupos. Eu já alertei aqui no Blog, sobre eventuais preparativos de grupos terroristas do Oriente Médio, agora temos essa ameaça, ainda desconhecida por muitos.

Já lí em outros blogs, uma eventual ligação da MOSSAD israelense com os atentados na Noruega, devido o apoio do país ao estado palestino e outras brigas no Comércio Internacional entre Israel e Noruega. Lembro que o Brasil também apóia esta idéia do Estado Palestino e tem boas relações com o Irã e outros países renegados pelo Ocidente.

Para agravar, seremos palco de Grandes eventos como a Copa do Mundo e Olimpíadas, o que ganha um maior destaque internacional... É claro que os terroristas pensam nisto!

Gostaria de citar a Revista Veja, conforme a reportagem eu citei no post acima:

"As cartilhas terroristas recomendam aos militantes que desfiram atentados em ocasiões em que suas ações ganhem visibilidade. O temor de policiais federais e procuradores ouvidos por VEJA é que eles vejam essas oportunidades na Copa de 2014 e na Olimpíadas de 2016".

Espero estar errado, mas isto não me cheira bem... Espero que seja apenas mais uma teoria da conspiração.

Tensão na Fronteira Kosovo-Sérvia

Tensão se agrava na Fronteira Kosovo - Sérvia, tropas da OTAN são atacadas, tropas de ambos os países ficam em prontidão, Sérvia diz não precisar "Ir à Guerra".

Pistoleiros desconhecidos atacaram forças de paz da OTAN no norte do Kosovo, pela segunda vez na últimas horas, segundo um comunicado da Força do Kosovo (KFOR) .

Forças de paz da OTAN foram mobilizados para o norte do Kosovo sérvio, dominado após confrontos eclodiram na área na segunda-feira seguinte a decisão das autoridades do Kosovo para enviar forças especiais da polícia da fronteira para impor uma proibição das importações da Sérvia, um movimento contrário por sérvios da região.

Na noite de quarta-feira, um grupo de várias dezenas de pessoas com máscaras, atacaram o posto na fronteira em Jarine, no norte do Kosovo com coquetéis Molotov. Os atacantes teriam abordado o ponto de verificação a partir do norte (território controlado pela Sérvia).

Não houve relatos de vítimas ou lesões.

Mais cedo nesta quarta-feira, alguns relatos da mídia dão conta de que a fronteira em Brnyak foi atacada e incendiada por um grupo de sérvios do Kosovo. Os relatórios não foram confirmados, mas KFOR disse que a segurança foi reforçada em ambas as fronteiras.

Várias horas antes do ataque do ponto de verificação em Jarine, dois helicópteros Mil Mi-171 (Hip)  transportando soldados croatas foram atacados por pistoleiros desconhecidos na área, segundo informações do Ministério da Defesa croata. Ninguém ficou ferido no ataque.

O Comandante da KFOR, o general Erhard Buehler, vem negociando com os representantes albaneses, do Kosovo e os sérvios para resolver a situação.

O presidente sérvio, Boris Tadic, condenou os ataques a forças de paz. Ele disse, no entanto, que Belgrado "não irà guerra" em resposta às tentativas de Kosovo para tomar postos de fronteira e vai utilizar apenas meios diplomáticos para resolver o conflito.

O primeiro-ministro kosovar Hashim Thaci, culpou a violência do lado sérvio.

Kosovo, que proclamou unilateralmente sua independência da Sérvia em 2008, foi reconhecida por um total de 76 dos 192 Estados membros da ONU.

Os sérvios são responsáveis ​​por até 10 por cento da população do Kosovo, tornando-se a maior comunidade não-albaneses restantes na região separatista do Kosovo após a guerra de 1998-99 de independência.



OTAN interfere no Conflito:

A Otan declarou na quinta-feira como "área militar restrita" dois postos fronteiriços de Kosovo com a Sérvia, e ameaçou usar a força letal no local depois que um grupo de pessoas da etnia sérvia queimou um dos postos e fez disparos contra tropas da aliança ocidental.

Ataques da OTAN a Sérvia na última guerra em 1999.

"Ambos os portões são declarados áreas militares restritas, e as regras de abordagem são muito claras", disse o general alemão Erhard Buehler, comandante da Otan em Kosovo, por telefone à Reuters

Na quinta-feira, soldados dos EUA controlavam o posto, buscando armas nos veículos que passavam.

Buehler, que ao ser entrevistado estava rodeado por soldados em uma ponte que separa as áreas sérvia e albanesa de Mitrovica, disse que seus soldados "podem empregar a força letal, podem empregar suas armas para se defenderem, defenderem toda a gente, defenderem a propriedade, a área militar restrita."

Antes, a polícia sérvia e as tropas da Otan haviam reforçado sua presença em ambos os lados da fronteira a fim de evitar mais incidentes.

Fonte: Reuters

terça-feira, 26 de julho de 2011

Ataques de Falsa Bandeira a Vista?


Perto de uma Moratória nunca antes vista no mundo, os EUA advertem para possíveis ataques da al-Qaeda a seus cidadãos

Americanos devem se manter em alerta em várias regiões do mundo.
Rede terrorista de Bin Laden segue planejando atentados, diz comunicado.

Os Estados Unidos advertiram nesta terça-feira (26) para um possível aumento do número de ataques da rede terrorista da al-Qaeda contra seus interesses em várias regiões do mundo, e pediu a seus compatriotas que mantenham um "alto nível de vigilância".

O Departamento de Estado prevê "um possível aumento da violência contra os americanos após a morte de Osama bin Laden em maio de 2011", informou o departamento em um comunicado, que substituiu uma versão anterior da advertência, lançada em 31 de janeiro.

"A informação atual sugere que a al-Qaeda e suas organizações afiliadas continuam planejando ataques terroristas contra os interesses dos Estados Unidos em diversas regiões, incluindo Europa, Ásia, África e Oriente Médio", acrescentou.

Entre os possíveis alvos estão "eventos esportivos de alto nível, áreas residenciais, escritórios empresariais, hotéis, clubes, restaurantes", escolas e lugares de culto, indicou o Departamento de Estado.

Por essa razão, os americanos devem "manter um alto nível de vigilância e tomar medidas apropriadas para aumentar sua consciência sobre a segurança", acrescentou.

Fonte: Globo.com

Sempre Guerra: Interessante, assim como em 2001, quando a administração W. Bush enfrentavam problemas parecidos (mas não de tamanho enorme como hoje), os EUA podem sofrer novos atentados, além deles, outros países "amigos" assim como o Brasil, podem sofrer Atentados sem precedentes. Fiquemos em alerta até o dia 2 de Agosto, prazo estimado para os EUA atingirem o Teto da Dívida Pública, o improvável pode acontecer e uma bola de neve pode rolar montanha abaixo, com uma reação em cadeia.

Alguns fatos tem nos tirado a atenção, como a notícia do Brasil ser o 4º maior credor dos EUA em títulos públicos, mas isto é "fichinha" perto do que pode ocorrer a partir de agora, um ponto sem retorno.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Editorial: O Brasil e os Títulos Americanos


O buraco é mais embaixo, para que todos entendam.

Em primeiro lugar, entendam que o Brasil "paga" pela nossa soberania... não preciso dizer mais nada né?

Estou ficando assustado com o que estou lendo em muitos blogs e sites, por isto, resolvi criar este post.

Para quem não sabe, o Brasil adquiriu Bilhões em Títulos da Dívida Pública dos Estados Unidos nos últimos meses. Opção criticada por muitos.

De fato, concordo fortemente que tem que se investir em infra-estrutura e fazer reformas tributárias gradualmente. Esta reserva serviria bem para isto... Mas, se fecha um banco aqui no Brasil, com que reservas teremos para cobrir este banco? Tem que ter reservas, estamos num sistema capitalista, não tem jeito! Ainda não existe um sistema perfeito, todos os outros caíram, o último foi o Socialismo da União Soviética. Talvez o sistema mais perfeito seja o Socialismo-Capitalista da China, mas isto é tema para outro post.

Esta reserva, geralmente é adquirida pelo Banco Central em compras de dólar, para evitar que a moeda desvalorize ainda mais perante ao Real. Agora... É melhor manter as nossas reservas em dólar cada vez mais desvalorizado ou investe em algo mais sólido?

De fato, não foi uma escolha que agrade, pois se o governo precisar dessas reservas, vai ter que vender com um deságio enorme, ás vezes até mais barato que a sua aquisição, mas pela minha visão, o governo não tinha o que fazer e ainda damos ao luxo de não "precisar" destes títulos, caso os americanos quebrem.

Talvez pudéssemos ser mais ousados, "flutuamos" sobre o Yuan Chinês ao invés do Dólar ou ainda comprássemos a moeda chinesa ao invés dos tais Títulos Americano... Mas não vivemos no "Mundo de Maravilhas". Se comprássemos hoje, amanhã a OTAN estaria em nossas fronteiras "procurando terroristas da Al-Qaeda no Brasil" ou "Milhões estariam nas ruas para derrubar o Regime de Dilma" hehehe.

Mas vamos voltar um pouquinho no tempo, anos 80 e 90, quando vivemos um período de Austeridade para colhermos os frutos que o Governo tem colhido nos últimos anos. O Brasil emitiu muitos títulos públicos e não conseguiu honrar, dando de garantia até títulos de Estatais. Imagine quem comprou estes títulos que foram convertidos em títulos da Petrobrás, por exemplo, hoje está sorrindo á toa.

O mesmo pode acontecer nos EUA, se eles não honrarem suas dívidas, os títulos podem ter os bens públicos como garantia. Por que muitos economistas criticam a posição dos EUA em relação a China? Pois muitos sabem que a China pode ser "DONA" dos EUA em alguns anos e os americanos agora toma do "veneno" de seu sistema Capitalista Globalizada! Até o Bin Laden, se estivesse vivo, poderia ter títulos americanos...

Sobre a nossa Dívida Pública... Sim, a imprensa mentiu e feio em dizer que não temos mais dívidas... Oh! Somos credores do FMI agora! Que seja... dívidas públicas sempre teremos, é natural no Capitalismo, o governo precisa emitir títulos para girar o seu fluxo de caixa para investimentos ou garantias em caixa, repito: Isto é Natural! Quem quiser comprar, dê uma passada no site do Tesouro Nacional: http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/ rende mais que a poupança...

Muitos criticam a aquisição desta dívida em títulos com taxas acima de 12,5% e compara com a aquisição dos títulos americanos que rendem 2%... Oras, pagamos pelo nosso passado! Se emitíssemos títulos com 2% de rentabilidade, ninguém iria comprar! Regra geral: o que vale mais? Um título de um país de terceiro mundo ou um título de um país desenvolvido? A taxa do FMI é maior que 15%....

Pois bem, sem delongas, o mundo não é perfeito, este é o sistema que nós criamos e agora arcamos com as consequências... Desculpe escrever assim, sem nenhuma concordância e bem corrido, é que estou bem ocupado últimamente ;D

Yusuke
Sempre Guerra

Explosões atingem prédios do Governo na Noruega

Ao menos duas explosões atingiram Oslo, capital da Noruega, ao menos duas mortes confirmadas mas a polícia já fala em dezenas de mortes.

Ao mesmo tempo, um homem abriu fogo numa convenção de jovens do Partido Trabalhista, partido do Governo. Segundo fontes internacionais, o tiroteio ainda prossegue.


Os jornais TV2 e Aftenposten foram evacuados devido a ameaça de bombas. A polícia e o governo pedem para a população ficar em casa e evitem ficar em grupo. 

Siga ao vivo neste link: RTÉ Noticias.

Há suspeita de atentado terrorista, mais informações em breve.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Tensão no Oriente: Irã ataca bases do Iraque

As forças da Guarda Revolucionária do Irã tomaram o controle de três bases de um grupo de oposição iraniano curdo no vizinho Iraque, a agência de notícias estatal informou nesta segunda-feira.

O IRNA citou o coronel Delavar Ranjbarzadeh, um comandante local da Guarda Revolucionária, dizendo que "um grande número" de membros da oposição iraniana do grupo curdo PEJAK foram mortos em confrontos nos últimos dois dias. Os confrontos ainda estão em curso.

"Três bases em território iraquiano foram prestar assistência aos terroristas. ... Todas as bases têm caído nas mãos das forças (iraniano)," IRNA citou Ranjbarzadeh. Ele disse que os rebeldes PEJAK sofreram uma "derrota pesada e histórica".

Os rebeldes do PEJAK dizem que as forças iranianas entraram na região semi-autônoma curda do Iraque para combatê-los. Eles afirmam que os rebeldes mataram 53 soldados iranianos e feriram 43, enquanto apenas dois membros do PEJAK foram mortos e sete feridos em confrontos.

O Irã ameaçou na semana passada para atacar bases PEJAK no Curdistão iraquiano depois de acusar o presidente do governo regional, Massoud Barzani, de fornecer bases para o grupo sem informar o governo central em Bagdá.

O PEJAK, que em curdo significa o "Partido da Vida Livre do Curdistão", tem se envolvido em confrontos armados esporádicos com forças iranianas nos últimos anos. Os rebeldes dizem que estão lutando por mais direitos para sua comunidade minoritária.

O Irã acusou os EUA, Grã-Bretanha e Israel de tentar incitar a tensão nas fronteiras do Irã para desestabilizar o governo em Teerã, as taxas desses países negaram.

O Irã bombardeou basesdo PEJAK esporadicamente, dentro do Curdistão iraquiano.

Fonte: Associated Press / Google

64 ogivas de mísseis roubados de trem na Romênia

As autoridades da Romênia estão investigando o roubo de 64 ogivas de mísseis a partir de um trem de transporte de equipamento militar para a Bulgária.

O porta-voz do ministério Interior, Marius Militaru, disse neste domingo que os componentes não são perigosos por conta própria - apenas quando integradas em sistemas de mísseis. Os promotores disseram que estão investigando o roubo.

Funcionários não responderam a perguntas se as ogivas continham explosivos.

Trabalhadores ferroviários notaram que os selos em uma porta de carro foram rompidos no sábado, e não foi bem fechada quando o trem chegou em Giurgiu, um porto do Danúbio que faz fronteira com a Bulgária.

Tohan Zarnesti, a empresa romena que estava enviando as ogivas, produz munições de artilharia, mísseis terra para terra e ar para mísseis terra e ogivas para mísseis 122 milímetros.

Fonte: News.com 

domingo, 17 de julho de 2011

Era Brasil: Começa a construção dos Submarinos brasileiros

A presidente Dilma Roussef participou neste sábado, em Itaguaí, região metropolitana do Rio de Janeiro, da cerimônia que marca o início da construção de quatro submarinos convencionais brasileiros (S-BR), com tecnologia francesa. Os submarinos são da classe Scórpene, e são um dos itens do acordo que o Brasil assinou com a França há 2 anos e meio.

"A produção representa uma posição estratégica do Brasil diante do fortalecimento da sua indústria, da capacitação de nosso País, da nossa capacidade de construir alianças internacionais", disse a presidente.

A Marinha estima que 36 mil itens usados na construção desses submersos serão produzidos por 30 empresas brasileiras. Os equipamentos nacionais vão desde quadros elétricos, válvulas de casco e bombas hidráulicas até sistemas de combate e de controle, motores elétricos e a diesel e baterias de grande porte.

O documento bilateral deu origem ao Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub) da Marinha brasileira, que tem como um dos principais objetivos a produção de outro tipo de submarino, movido à energia nuclear. Isso porque o mesmo método, técnicas e processos, e parte dos equipamentos desenvolvidos para a construção desses quatro submarinos convencionais, serão usados também na construção do submarino de propulsão nuclear brasileiro (SN-BR).

"O grande mérito e objetivo dessa parceria é a transferência de tecnologia e a aliança estratégica. Nesse projeto, temos um objetivo fundamental, que é fortalecer e capacitar a Marinha em dois aspectos: na sua modernização, ao se tornar capaz de dominar a tecnologia de produção de submarinos de propulsão nuclear no quadro de defesa nacional, e jamais de ataque. E tornar a Marinha capaz de proteger nosso povo e garantir ambiente pacífico e segurança de nossas riquezas naturais", disse Dilma.

O primeiro submarino deve ser concluído em 2016, mas só será entregue à Marinha no ano seguinte, depois dos testes de cais. Os outros três serão entregues no intervalo de um ano e meio. O SN-BR só fará parte da frota brasileira em 2023. Como o Brasil desenvolverá o reator nuclear, o País vai passar a integrar o grupo enxuto de nações que detêm esse tipo de tecnologia (China, Rússia, França, Estados Unidos e Reino Unido).

Mas, antes do início da produção dos submarinos, serão construídos um estaleiro e uma base naval para abrigar essas embarcações e a Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (Ufem). A previsão é de que essas unidades, que serão construídas na Ilha da Madeira, no município de Itaguaí, sejam entregues até o final de 2014.

E os Caças?
O governo brasileiro não revisará as ofertas para a compra bilionária de caças de combate antes do início do próximo ano, disse no sábado (09/07) o ministro da Defesa, Nelson Jobim. O ministro havia afirmado em fevereiro deste ano que o corte no Orçamento não teria impacto na decisão sobre o Projeto FX-2, que prevê a compra de um pacote tecnológico relativo a caças para Aeronáutica.

"Vamos examinar isso no início do próximo ano. Neste momento, estamos focados apenas na agenda doméstica", disse Jobim, durante um fórum empresarial no sul da França. O Brasil, que quer modernizar sua força aérea, está avaliando as ofertas da francesa Dassault Aviation, da americana Boeing e da sueca Saab.

Para executar uma transferência de tecnologia semelhante, a americana Boeing e a sueca Saab devem receber a autorização dos Congressos de seus países. A compra dos caças deve custar mais de R$ 10 bilhões e Dilma pretende ouvir setores de fora do governo, principalmente a Embraer, e criar um grupo interministerial que examine a compra dos caças, reanalisando os argumentos da Força Aérea Brasileira (favorável ao modelo sueco, Saab Gripen) e da Defesa (pró-Dassault Rafale, da França).

Fonte: Terra

Editorial Sempre Guerra: Olá a todos! Depois de um tempo parado, o Projeto Sempre Guerra vem retornando, pouco á pouco, vou colocando a casa em ordem! 

Sobre o post de hoje, antes de mais nada, gostaria de deixar bem claro que o Brasil nunca parou seu projeto de modernização militar como muitos falam. Realmente, são projetos que envolvem muito dinheiro e muitos interesses externos nos quais ninguém verá na mídia. 

Também tem a questão de tempo, devido as reestruturações da economia e "planos de Austeridade" que passamos nos anos 80 e 90 (e que alguns países da Europa e futuramente os EUA passarão), o Brasil teve o sucateamento de suas Forças Armadas e hoje temos que "correr contra o tempo" para recuperar o tempo perdido e os 3 poderes militares pedem modernizações com urgência.

Sobre os caças, o Brasil deve aceitar o "pacotão do Obama" que deve vender seus caças, tanques, artilharias e alguns barcos de guerra a preços promocionais em troca de financiamentos e "facilidades" do governo brazuca e deve ser umas das cartas na mão de Obama para as próximas eleições em que ele concorrerá a reeleição... Isto se não derrubarem ele antes, o Default da Economia americana pode chegar dia 2 de agosto =)

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Sem acordo, os EUA sofrerão crise maior que a de 2008


Em entrevista a Terra Magazine, Carlos Thadeu de Freitas, ex-diretor do Banco Central brasileiro, traduz as consequências do impasse entre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e os adversários republicanos. Para o especialista, caso os oponentes não cheguem a um acordo a respeito do teto da dívida do país, a economia norte-americana pode viver "recessão maior do que a de 2008", quando o país desencadeou uma crise global.

Para manter suas contas em dia, o governo Obama propôs um aumento do teto da dívida, atualmente em US$ 14,3 trilhões - valor alcançado em maio deste ano. Os republicanos oferecem como solução, um corte de gastos do governo e Obama defende o aumento de impostos sobre os mais ricos.

O economista aposta no meio termo entre as duas propostas. No entanto, adianta que os republicanos vão estressar os limites de prazos impostos pelo governo para obterem algum ganho com as negociações. "Eu acho que vão chegar a um ponto comum: cortar um pouco de gastos, talvez gastos militares, e aumentar alguns impostos sobre os ricos. Porque realmente não há alternativa para equilibrar o orçamento".

Leia a entrevista completa no Terra Magazine.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Atentados na Índia

Série de atentados ocorrendo na Índia.

Até o momento, 20 mortes e mais de 113 feridos.


As explosões ocorreram quase de maneira simultânea em três pontos diferentes do centro e sul da cidade, como explicou o chefe de Governo regional, Prithviraj Chavan, citado por vários meios de imprensa do país asiático.

Em declarações à imprensa, o ministro do Interior indiano, P. Chidambaram, classificou as ações de "ataque coordenado de terroristas" e pediu à população que guarde com calma.

Segundo o Interior, a primeira explosão ocorreu por volta às 18h45 no horário local (10h15 de Brasília) e as seguintes ocorreram no intervalo de apenas 20 minutos.

As detonações ocorreram em um mercado e uma ópera na parte meridional da urbe e em um veículo no centro de Mumbai, capital financeira da Índia.

Os pontos atacados são áreas movimentadas e residenciais. As forças de segurança estão investigando o que ocorreu e as autoridades declararam estado de alerta máximo na cidade.

Mumbai sofreu entre os dias 26 e 29 de novembro de 2008 um ataque múltiplo contra diversos alvos, como hotéis de luxo, uma estação de trens e um centro judeu de reza que causou a morte de ao menos 166 pessoas.

Aquele ataque, executado por um comando de dez terroristas, foi atribuído pelas autoridades indianas a um grupo com base no Paquistão e motivou o congelamento das relações entre os dois países vizinhos. A cidade foi alvo de outros grandes atentados no passado.

Com informações da Agência EFE.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...