terça-feira, 22 de julho de 2014

GUERRA ISRAEL X GAZA - 15º DIA - ATUALIZAÇÕES DO DIA

Atualizações da Guerra Israel x Gaza

Acompanhe a guerra ao vivo:

18:50 - Imagem impressionante de interceptação de foguete do Hamas próximo a um avião hoje!

ÚLTIMO SEGUNDO - EUA e Egito pressionam por cessar-fogo na Faixa de Gaza
Os EUA e o Egito tentam, nesta terça-feira (22), encontrar uma saída para as duas semanas de derramamento de sangue na Faixa de Gaza. As autoridades levantam a possibilidade de reiniciar as negociações de paz paralisadas entre Israel e as autoridades palestinas como um passo necessário para evitar a sustentação da violência.

Uma escola da ONU na Faixa de Gaza que recebe pessoas deslocadas pelo conflito entre o Hamas, que governa a região, e Israel foi atingida nesta terça-feira (22) por disparos israelenses, anunciou a Agência da ONU para ajuda aos Refugiados Palestinos (UNRWA).
Um responsável pela agência informou à  France Presse (AFP) que uma equipe da ONU estava na escola localizada no campo de refugiados de al-Maghazi (centro do território) no momento em que disparos de tanques militares atingiram o prédio.
A AFP não reporta se houve vítimas. 

Um total de 121 crianças palestinas, 80 delas de menos de 12 anos - morreram desde que Israel começou a ofensiva militar contra o território palestino de Gaza, informou o Unicef, o organismo das Nações Unidas para a proteção da infância, nesta terça-feira (22).
Segundo os dados, 84 vítimas eram meninos e 37 meninas, com idades que variavam entre cinco meses e 17 anos.
Pelo menos 904 outras crianças ficaram feridas, acrescentou o órgão.

A Federal Aviation Administration (FAA), entidade reguladora da aviação americana, suspendeu todos os voos para Tel Aviv por um período de 24 horas. A determinação foi anunciada depois que um foguete caiu perto do Aeroporto Internacional Ben Gurion. Todas as três companhias aéreas dos Estados Unidos que voam para Israel – Delta Air Lines, United Airlines e US Airways – informaram ter cancelado temporariamente seus voos.
A decisão ocorre em um momento em que as empresas estão mais sensíveis sobre os riscos de passar sobre áreas em conflito, depois que um avião da Malaysia Airlines foi abatido por um míssil quando sobrevoava o leste da Ucrânia. Também reflete o impacto do conflito na Faixa de Gaza sobre a economia de Israel, no pico da temporada de verão, destacou o jornal The New York Times.
Várias companhias aéreas da Europa também anunciaram o cancelamento de seus voos com destino a Israel, como a alemã Lufthansa – que inclui a Germanwings, a Austrian Airlines e a Swiss Airlines –, a holandesa KLM, a francesa Air France e a italiana Alitalia. A British Airways afirmou que “está monitorando a situação de perto” e acrescentou que a operação segue dentro do programado.

Um comentário:

  1. http://shalom-israel-shalom.blogspot.com/2014/07/israel-bombardeia-hospital-usado-pelos.html

    ResponderExcluir

Os comentários anônimos ou registrados estão liberados e serão moderados pelo Administrador do Blog.

Comentários envolvendo palavrões, ameaças, racismo e preconceito religioso ou sexual ou quaisquer outro tipo de ofensa, serão excluídos em respeito ao leitor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...