Páginas

sábado, 18 de setembro de 2010

Acordo de Cooperação Rússia x EUA: Mais uma mentira


Nesta semana, a mídia convencional destacou os acordos militares entre a Rússia e os EUA. 
O SEMPRE GUERRA mais uma vez investigou e demonstra mais uma farsa armada pela mídia.


 O Pentágono abriu nesta quarta-feira, 15, suas portas para o ministro de Defesa da Rússia, a primeira reunião de alto nível do tipo em aproximadamente seis anos, vista como fundamental para melhorar as relações entre os dois países. 

O secretário de Defesa Robert Gates e seu colega do Kremlin, Anatoly Serdyukov, afirmaram que irão aumentar a cooperação bilateral após o encontro, o que deve envolver programas militares conjuntos e exercícios.

Oficiais dos dois lados afirmaram esperar que as conversas renovem as relações de Washington com Moscou, enfraquecidas em 2008, após a Rússia enviar suas tropas para a Georgia com o objetivo de apoiar duas regiões separatistas.
Fonte: Estadão

Só que não é bem assim... Diversos conflitos de interesse e posições estratégicas pelo mundo são mal escondidas e demonstram que as tensões não acabaram com o fim da Guerra Fria. Vejamos os fatos:

EUA e Rússia Ainda Discordam sobre Escudo Antimísseis:
Rússia e os E.U.A. ainda possuem discordâncias importantes sobre a questão da defesa anti-míssil, disse na sexta-feira (17) o ministro da Defesa russo Anatoly Serdyukov.

A colocação prevista de elementos de defesa antimísseis na Europa Oriental pelos E.U.A., perto das fronteiras russas, continua a ser um ponto de discórdia nas relações bilaterais.

"A divergência principal é que eles (os americanos) nos dizem:" o nosso programa de defesa antimísseis não é dirigida contra você ", enquanto nós dizemos:" não, de acordo com nossos cálculos, realmente é ", disse o ministro durante sua visita aos Estados Unidos. Fonte: Ria Novosti.

Rússia vai honrar acordo com a Síria:
A Rússia vai honrar o contrato para vender o P-800, (Foto) mísseis de cruzeiro supersônicos Yakhont anti-navio para a Síria, disse o ministro da Defesa russo Anatoly Serdyukov.

"É o contrato de 2007". A questão da venda de mísseis à Síria foi levantada durante as negociações com o secretário de Defesa americana, Robert Gates. "Sem dúvida, ele [o contrato] será cumprida pela parte russa", disse o ministro russo.

A mídia israelense disse no final de agosto que o país estava trabalhando para frustrar os planos da Síria de obter os mísseis de alta precisão, que Israel considera uma ameaça para os seus navios da marinha no Mar Mediterrâneo.

O P-800, mísseis Yakhont (conhecido como P-800 Oniks na Rússia) têm um alcance de 300 quilômetros, transporta uma ogiva de 200 kg e possuem uma capacidade única de cruzar vários metros acima da superfície, tornando-o difícil de detectá-los e interceptá-los .
Fonte: Ria Novosti

Rússia transfere mísseis para região separatista da Geórgia
A Força Aérea da Rússia anunciou em agosto o posicionamento de mísseis terra-ar na Abcásia, região separatista da Geórgia que foi palco de uma breve guerra entre os dois países em agosto de 2008.

Por meio de um comunicado divulgado no site de seu Ministério das Relações Exteriores, o governo da Geórgia classificou as medidas como “extremamente perigosas e provocativas” e afirmou que elas representam uma ameaça “à segurança não só da região do Mar Negro, mas da Europa como um todo”.

De acordo com Richard Galpin, correspondente da BBC em Moscou, uma das teorias que explicam a decisão russa de levar mísseis à Abcásia é que o país estaria tentando mandar um recado à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e aos Estados Unidos para que não ajudem a Geórgia a reconstruir sua força aérea. Fonte: BBC Brasil

Estados Unidos buscam respostas sobre incidente naval com aeronave russa
Enquanto o Secretário de Defesa dos EUA Robert Gates estava recebendo o Ministro da Defesa da Rússia nessa quarta-feira e assinando acordos visando um aumento da cooperação de defesa, o Chefe das Operações Navais, Almirante Gary Roughead, estava sem encontrando com o Chefe da Marinha da Rússia para achar uma explicação sobre um incidente ocorrido no Mar de Barents no último final de semana.

A fragata Taylor da U.S. Navy estava retornando de uma escala num porto na Rússia, navegando em águas internacionais, quando uma aeronave de patrulha marítima da Rússia Il-38 fez duas passagens sobre a embarcação. A aeronave russa, capaz de lançar torpedos, bombas e cargas de profundidade, fez as passagens com as portas do compartimento de bombas abertas.

No dia seguinte um navio de guerra russo apareceu no horizonte e enviou um helicóptero o qual circulou bem próxima a fragata Taylor. Nada mais ocorreu, mas os oficiais norte americanos disseram que isso foi uma violação do acordo de longa data chamado Incidentes no Mar projetado para previnir encontros próximos entre duas embarcações.

Roughead disse através de um porta-voz que teve uma conversa “particular” com o almirante russo e que ficou “satisfeito”. Fonte: Plano Brasil

As provas estão aê. Quem eles querem enganar?

Um comentário:

  1. No nosso intimo sabemos que as coisas vão mudar. Seja por profecias, por calculo ou até pela lógica, uma grande guerra está por vir, a economia está morrendo, o clima está visivelmente desregulado, a Terra vai se mexer, na incerteza de, se é culpa do homem ou por um ciclo natural, mas nós estamos em cima dela e a essa altura é melhor que se ignore os céticos. A mídia oculta a verdade alegrando a massa com circo (BBB e outros). A massa esta realmente preocupada com casamento do artista X, com a moda, com o pedigree do seu cãozinho ou até com quem vai ser campeão na COPA 2014. Sabemos que os próximos anos não serão de alegrias. É provável que a COPA seja num campinho de terra seca com time dos SEM contra os COM camisas. Orai e Vigiai disse o Mestre. A maioria reza, mas não faz questão de vigiar (observar). É mais cômodo assim.
    Luís, um Pensador Acordado

    ResponderExcluir

Os comentários anônimos ou registrados estão liberados e serão moderados pelo Administrador do Blog.

Comentários envolvendo palavrões, ameaças, racismo e preconceito religioso ou sexual ou quaisquer outro tipo de ofensa, serão excluídos em respeito ao leitor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...