quinta-feira, 6 de agosto de 2015

ATAQUES TERRORISTAS NA ARÁBIA, AFEGANISTÃO, NIGÉRIA E CAMARÕES

Atentado com homem bomba mataram ao menos 17 pessoas em uma mesquita na Arábia, nenhum grupo assumiu o ataque. No Afeganistão, os Talibãs continuam sua ofensiva, desta vez um caminhão bomba foi lançado contra um posto policial matando 6 pessoas. Na África, o Boko Haram matou 9 pescadores na Nigéria e em Camarões, o grupo terrorista afiliado ao EI, matou 8 camponeses e sequestrou 135 pessoas. Segue o resumo diária do terrorismo no blog Sempre Guerra!

- Ataque suicida deixa mortos na Arábia Saudita
Um homem bomba provocou uma explosão que matou 17 pessoas em uma mesquita na província de Abha, no Sul da Arábia Saudita, nesta quinta-feira (6), segundo a agência Reuters.

Na mesquita funcionava uma unidade de segurança do estado chamado de Força Especial de Emergência. Entre os mortos estavam integrantes desta organização, segundo o canal estatal Al-Ekhbariya.


- Seis mortos no primeiro atentado talibã após a sucessão do mulá Omar
Seis pessoas - três policiais e três civis - morreram nesta quinta-feira em um atentado suicida dos talibãs contra a polícia afegã ao sul de Cabul, o primeiro grande ataque no país após o anúncio da morte do líder do grupo insurgente, o mulá Omar.

Um caminhão-bomba avançou contra um posto da polícia em Pul-e Alam, capital provincial, 100 km ao sul de Cabul, anunciou o governo da província de Logar.

O atentado foi reivindicado pelos talibãs.


- Boko Haram mata nove na Nigéria e oito nos Camarões
Um sobrevivente e um líder sindical disseram que o Boko Haram matou os nove pescadores numa aldeia costeira perto do Lago Chade, no nordeste da Nigéria.

Segundo Abubakar Gamandi, os nove pescadores foram emboscados na localidade de Maduwari, quando se dirigiam para Baga, provenientes de Monguno.

Fontes locais citadas igualmente pela agência de notícias francesa AFP relataram hoje que membros do Boko Haram sequestraram, numa aldeia do nordeste dos Camarões, 135 pessoas e mataram oito camponeses, incluindo duas mulheres.

O ataque ocorreu na terça-feira, na aldeia de Chakamari. Efetivos das forças armadas camaronesas integram um contingente regional que luta contra os extremistas do Boko Haram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários anônimos ou registrados estão liberados e serão moderados pelo Administrador do Blog.

Comentários envolvendo palavrões, ameaças, racismo e preconceito religioso ou sexual ou quaisquer outro tipo de ofensa, serão excluídos em respeito ao leitor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...