domingo, 21 de agosto de 2011

Blog ao Vivo 21/08/2011: Tensão no Oriente Médio

O Sempre Guerra continua as atualizações sobre os Conflitos do Oriente Médio

12:37 - SEMPRE GUERRA - Regime de Kadhafi prestes a cair a qualquer momento! Então ficará liberada a Guerra da Síria =D

12:35 - AP - Rebeldes da Líbia capturaram uma grande base militar que defende a fortaleza de Moammar Gadhafi em Tripoli.

12:24 - YNetNews: Líderes de grupos militantes de Gaza convocaram uma reunião no Cairo, neste domingo, para discutir um possível cessar-fogo com Israel, de acordo com o site da Jihad islâmica oficial.
Em um curto espaço de tempo após a reunião, dois morteiros foram disparados contra o Conselho Regional de Eshkol e fontes palestinas em Gaza relataram que os ataques aéreos tinham sido retomados.

12:11 - BOATO - AllVoices: De acordo com um relatório da Xinhua um avião venezuelano desembarcou na ilha de Djerba (Tunísia) para evacuar membros da família de líder líbio Muammar Gaddafi. Notícia anunciada pels rádio da Tunísia, citando uma fonte rebelde em Benghazi. O correspondente cita a fonte, dizendo que os membros da família de Gaddafi em breve deixar a Tunísia para Caracas, a capital de Venezuela, acrescentando que "foi o começo do fim do regime de Gaddafi".

12:04 - Terra: A Liga Árabe condenou neste domingo os ataques aéreos israelenses na Faixa de Gaza e disse que a ONU deve tomar medidas para acabar com os ataques, em que 15 pessoas morreram. "Emitimos um comunicado condenando a ofensiva israelense em Gaza ... e à terra do Egito", disse a jornalistas o secretário-geral da Liga Árabe, Nabil Elaraby, no Cairo

11:56 - AlJazeera: Rebeldes infiltraram na capital de Tripoli, na Líbia, neste domingo, por mar em uma operação secreta lançado de sua enclave ocidental de Misrata, disse um porta-voz rebelde.

11:49 - Plano Brasil / Carta Maior:  O levante sírio pode levar a uma guerra regional. A repressão na Síria continua irrefreável e pode se tornar o estopim de um conflito regional envolvendo a Turquia, o Irã, a Arábia Saudita e o resto do Golfo. Nos últimos dias, o exército turco recrutou centenas de militares da reserva, situando-os em bases próximas à fronteira com a Síria. Enquanto a Turquia se prepara para o pior, o Irã se recusa a publicar qualquer notícia relativa aos levantes árabes nos seus jornais controlados pelo Estado, enquanto o governo advertiu que a Síria pode se tornar o centro de uma guerra internacional

09:46 - Equipe de TV é alvejada por snipers perto de Trípole, capital da Líbia:


09:43 - SkyNews (Twitter): Ataque aéreo turco mata sete pessoas no norte do Iraque.

09:40 - Terra: As forças armadas da rebelião líbia, que lutam há sete meses para derrotar o regime do coronel Muammar Kadafi, anunciaram neste domingo o começo da "libertação de Trípoli". Um dos insurgentes, que se identificou como Abu Bakr el Misrata, declarou para a televisão Al Jazeera que a sublevação começou "desde o coração da cidade, ante a chegada próxima das forças rebeldes. O representante rebelde sustentou que os primeiros combates entre insurgentes e as brigadas fiéis ao regime já aconteceram em vários bairros.

01:20 - Reuters - Um homem israelense foi morto no sábado em um ataque de foguetes lançados de Gaza, disseram médicos, a última morte, em um espasmo de três dias de violência que tirou a vida de mais de 30 pessoas. Autoridades de segurança israelenses disseram que outras sete pessoas ficaram feridas, incluindo duas crianças, em mais de 50 foguetes disparados do território controlado pelo Hamas no sábado. Em Gaza, um ataque aéreo israelense feriu gravemente um homem palestino, disseram médicos.

00:25 - Terra: Quatro fortes explosões sacudiram Trípoli no início da manhã de domingo, no momento em que vários bairros eram palcos de violentos confrontos entre insurgentes e as forças leais ao regime do coronel Muammar Kadafi. As explosões foram ouvidas pouco depois das 4h (23h deste sábado em Brasília), quando o centro da capital era sobrevoado por aviões, constatou um jornalista da AFP que não conseguiu determinar no momento quais tinham sido os alvos atingidos.
Várias explosões e intensas trocas de tiros também foram ouvidas na noite de sábado para domingo em Trípoli, enquanto moradores indicaram à AFP que os "enfrentamentos" estavam sendo travados em alguns bairros da capital. O porta-voz do governo líbio, Mussa Ibrahim, confirmou mais cedo apenas "pequenos confrontos" em bairros como Tajura, Sug Jomaa e Ben Achur, próximos ao centro da capital


00:20 - SEMPRE GUERRA: Apesar do Kadhafi declarar vitória em Trípoli nesta noite, novos ataques dos rebeldes e OTAN ocorrem neste momento.


00:14 - AlJazeera: Bashir Sewehli, um ativista da Líbia, diz a Al Jazeera que os confrontos em Trípoli estão ainda em curso.
"O aeroporto militar está sob controle dos rebeldes e existem outras áreas dentro e ao redor de Trípoli também. Os rebeldes estão esperando por reforços.

00:10 - Terra: O líder líbio Muammar Kadafi parabenizou, em um áudio transmitido pela televisão estatal no início de domingo (horário local), seus apoiadores por repelirem o ataque de "ratos" rebeldes na capital, Trípoli, e acusou o presidente francês, Nicolas Sarkozy, de tentar roubar o petróleo do país. No pronunciamento, ele ainda afirmou que os rebeldes querem "a destruição do povo líbio".

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Blog ao Vivo: Tensão no Oriente Médio

O Sempre Guerra abre um post com cobertura ao vivo dos acontecimentos recentes no Oriente Médio. Este post será atualizado frequentemente.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Tensão no Oriente: Turquia manda ultimato a Síria e Irã ameaça Ocidente


Turquia dá ultimato em nome da OTAN, Irã ameaça retaliar quaisquer ato de guerra.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Ahmet Davutoglu, disse na segunda-feira que Bashar Assad deve terminar imediatamente e incondicionalmente as operações militares contra civis, alerta ao presidente sírio que estes eram as "últimas palavras" de Ancara.

domingo, 14 de agosto de 2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

China deve utilizar porta-aviões em conflito territorial


O primeiro porta-aviões chinês, que na quarta-feira iniciou uma série de testes no mar, deve ser utilizado no caso de conflito territorial com os vizinhos, afirma um artigo publicado em um site do ministério da Defesa.

sábado, 6 de agosto de 2011

GRUPO PARAMILITAR PERUANO INVADE ACRE E FAZEM REFÉNS NA FUNAI


Funcionários da Funai (Fundação Nacional do Índio) permanecem cercados por um grupo paramilitar peruano que invadiu o território brasileiro, na fronteira do Acre com o Peru. Os peruanos estão armados com fuzis e metralhadoras.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Tensão no Chile! Estudantes ocupam ruas e TV de Santiago!


Cerca de 200 estudantes ocuparam pacificamente as instalações do canal de televisão privado Chilevisión nesta quinta-feira e exigiram entrar no ar para expressar suas demandas em favor do fortalecimento da educação pública no país, disse uma jornalista da emissora, Macarena Pizarro.

Crise no Governo: Ministro da Defesa Nelson Jobim pede Demissão!


Em meio a Crise Interna, Dilma "demite" Nelson Jobim

O ministro da Defesa, Nelson Jobim (PMDB), entregou na noite desta quinta-feira sua carta de demissão à presidente Dilma Rousseff em um encontro que durou apenas cerca de cinco minutos. A situação de Jobim se tornou insustentável no governo após declarações dadas à revista Piauí em que teria considerado a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, "muito fraquinha" e dito que a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, "sequer conhece Brasília". Para seu lugar, Dilma convidou o ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim, que aceitou ocupar a pasta.

Jobim negou ter feito as críticas e disse que as informações seriam "parte de um jogo de intrigas". Mas, segundo fontes, Dilma já havia decidido demitir o ministro caso ele não abandonasse o cargo por conta própria. Diante da repercussão das declarações, Jobim antecipou sua volta de Tabatinga (AM), onde cumpria agenda oficial, para se reunir com a presidente.

Ao longo do dia, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), minimizou a declaração de Jobim, dizendo que a articuladora política do governo "é até bem gordinha, não é bem fraquinha". Depois de reunir-se com Ideli, o líder do PR na Câmara dos Deputados, Lincoln Portela (MG), afirmou que a ministra "brincou" com o tema dizendo que "estava 'fortinha', não gordinha". Mas, segundo o deputado, Ideli "não teceu nenhum comentário sobre o ministro Jobim" durante a reunião.

Na última semana, outra declaração de Jobim à imprensa gerou mal-estar no governo. Em entrevista, ele declarou seu voto no tucano José Serra nas eleições presidenciais do ano passado. A série de frases polêmicas, contudo, começou no início de julho, em uma cerimônia em homenagem ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso - de quem ele foi ministro da Justiça entre 1995 e 1997 - no Senado Federal. Ao discursar, ele citou o dramaturgo Nelson Rodrigues, dizendo que "os idiotas perderam a modéstia". A fala foi interpretada como uma insatisfação do ministro com sua situação no governo. Mais tarde, contudo, ele disse que se referia a jornalistas.

Trajetória
Jobim foi presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) de 2004 a 2006. Em 2007, ele foi indicado para o ministério da Defesa pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aceitou o desafio de controlar a crise nos aeroportos. Durante seu período na Defesa, Jobim promoveu mudanças nas direções da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), então alvos de denúncias de eficiência e corrupção. No entanto, as propostas de construção de um novo aeroporto em São Paulo e o estímulo à maior concorrência na atividade não se concretizaram.

Na área militar, Jobim ganhou prestígio com os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Junto com o ex-ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos Roberto Mangabeira Unger, elaborou a Estratégia Nacional de Defesa. Aprovada em dezembro de 2008 na forma de decreto presidencial, o plano estabelece ações de médio e longo prazo com o objetivo de modernizar a estrutura nacional de defesa por meio da reorganização das Forças Armadas, da reestruturação da indústria nacional de material de defesa e de uma nova filosofia de emprego das Forças Armadas. A iniciativa sofreu forte impacto devido ao corte no orçamento de 2011. O contingenciamento de mais de R$ 4 bi (26,5% do orçamento do ministério) comprometeu o reaparelhamento das Forças Armadas.

Jobim é o 3º ministro a cair em 8 meses
Nelson Jobim é o terceiro ministro que cai em apenas oito meses de governo Dilma. O primeiro foi o ex-ministro-chefe da Casa Civil Antonio Palocci, que não resistiu a denúncias de tráfico de influência e enriquecimento ilícito e pediu demissão do cargo em 7 de junho deste ano. Menos de um mês depois, em 6 de julho, foi a vez do ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento, que também pediu demissão depois de denúncias de superfaturamento de obras e pagamento de propina no âmbito do órgão.

Fonte: Terra

Sempre Guerra: Há muita coisa por baixo dos tapetes de Brasília, será apenas o mal-estar criado no governo que fez cair um dos nossos melhores ministros da Defesa que já tivemos? Certamente não, queremos a verdade, a transparência dos fatos, um Brasil fortalecido por uma equipe do Executivo competente e honesta. 

Certamente, a demora do Governo para decidir o Projeto FX-2 e demais aquisições para os três poderes militares da nossa Defesa, contribuíram para os atritos entre Jobim e Governo. Como a corda sempre estoura  no ponto mais fraco, Jobim pediu demissão.

Qual será o posicionamento dos militares a partir de agora? Continuará com um apoio incondicional ao Governo Dilma? O tempo dirá...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...